Como propor parcerias entre uma marca e o seu Blog em Portugal PART I

parcerias

Hoje trago um post “PART I” sobre obter parcerias entre as marcas e o seu blog. Antes demais deixo só aqui a minha opinião do sucesso como blogger profissional: Para se conquistar um lugar como empreendedora profissional com sucesso não se conquista de um dia para o outro, também não existe nenhuma formula exacta para o sucesso a excepção de muito trabalho, disposição, determinação e resistência. Desistir no 1 contratempo não é característica de quem se reconhece como uma  empreendedora da internet, o segredo é não desanime o “não” vão aparecer, acredite eles só vão fortalecer e aprender com a experiência e ver onde errou. Em média um blogger leva entre 3 a 5 anos a alcançar o sucesso, claro existe casos e outros casos que tem mais fontes disponíveis para desenvolver o site mais rapidamente.

Vou deixar aqui um post para ler, antes de fazer qualquer proposta tem de ter o seu Midia Kit Passo a Passo o Curriculum do seu Blog

Leia Também:

Blog Agency também se pode inscrever aqui

Divulgar o seu blog em Portugal 4 links para se inscrever

Como abordar uma empresa para propor uma parceria?

Pergunte a si porque as marcas vão querer trabalhar comigo: 

Essa é uma das principais perguntas que se deve fazer a si mesma o que tenho para oferecer? 

O que tenho a propor? Melhor do que os outros Bloggers?

O que devo fazer antes de propor qualquer tipo de parceria para qualquer pessoa e/ou empresa?

O que eu posso gerar de valor para o parceiro que seja tão significativo que ele queira de forma espontânea trabalhar comigo?

As pessoas geralmente compram por dois motivos, ou por desejo, ou por necessidade e quando você começar a estudar marketing e técnicas de vendas você começa a entender os motivos pelos quais elas compram. As compras por necessidade são aquelas essenciais, compras que você não pode deixar de fazer, comida, água, produtos de higiene, entre outras coisas. E existem as compras por impulso, por desejo ou status.


Geralmente produtores de conteúdo trabalham “vendendo” produtos que serão comprados por impulso. Então como convencer alguém que o produto que você está indicando é o melhor se existem vários outros iguais e talvez até mais baratos?

É aí que entra a geração de valor:

As pessoas que te seguem, te seguem por algum motivo; você pode ser engraçado, seu conteúdo pode ser informativo, você pode ter um jeito singular de repassar as informações, seus conteúdos são inéditos. Existem uma série de motivos que podem te diferenciar dos inúmeros produtores de conteúdo que estão espalhados pela internet afora, e isso nem sempre vai significar que a pessoa que tem mais seguidores que você produz conteúdos melhores que os seus,  esqueça por agora as estatísticas. 

A primeira coisa que você precisa saber é:

Quem é o seu público-alvo?

Com quem você está se comunicando?

Sua linguagem é compatível com as pessoas que te seguem?

Você recebe feedbacks – sejam positivos ou negativos, sobre o que você produz?

Nesse primeiro momento é fundamental que você conheça a fundo o seu público, é ele que vai te garantir o sucesso, não adianta você querer falar de produtos para barbear para mulheres de 18 a 24 anos. Ou de lingerie para homens de 40 anos. Além de você conhecer quem está te seguindo, você precisa ter uma ideia – e uma meta, qual o público que deseja atingir. Talvez você queira falar com mulheres que viajam sozinhas, entre os 24 e 35 anos, mas as pessoas que te seguem geralmente são homens na faixa dos 18 anos. Isso pode soar confuso, mas é importante que você entenda a diferença entre “o público com quem você fala” e o “público com quem você deseja falar”. Quando os dois se encontram é o melhor dos mundos, mas se isso não acontecer mantenha os pés firmes no chão e esteja preparada, pois você terá muito trabalho pela frente.

Com o seu público entendido o seu próximo passo é agir como uma profissional:

E quando eu falo “agir como uma profissional”, por favor, não na escreva olá, vocês fazem parceria? na caixa de correio da página da empresa. Isso só ira denunciar o quanto está despreparada.

Então como agir?

O melhor a fazer é uma pesquisa no site da empresa que está entrando em contacto antes de solicitar a sua parceria. Revire o site de ponta a outra e tente angariar o máximo de informação que conseguir. Se tem telefone e e-mail de contacto, se tem horário de atendimento disponível, se oferece o que você precisa, e o que mais lhe agrada naquela empresa. Depois de feito isso está na hora de partir para acção. Seja profissional, se apresente, mostre seu propósito e só então peça para falar com o responsável de marketing ou comercial da empresa.

Faça a sua apresentação o melhor possível da forma mais profissional por ex:

Olá, meu nome é Andreia Almeida sou Coordenadora do Projecto pelas Estrada de Portugal, somos a primeira rede colaborativa de mulheres viajantes do país.


Poderiam me dar o vosso contacto telefónico e/ou e-mail?

Atenciosamente

Assinatura

Assim foi dito quem você empresa, o seu cargo e o propósito do projecto. Em poucas palavras faz a sua apresentação profissionalmente.

POST PART I

inspirado numa pesquisa da Internet.

 

rubrica

Advertisements

Posted by

Blog sobre moda, beleza, Dicas Style. Marketing digital, técnicas bloggers e muito mais espero que gostem das Dicas da blogueira Portuguesa Moda á Portuguesa...

Deixar uma resposta