Qual diferença entre guest blogging ou guest posting?

guest blogging

Hoje ando a fazer trabalho de manutenção no blog como responder a comentários visitar outros blogs comentar, partilhar post de diferentes blogs, sou apologista da partilha e interação entre blogueiros, se eu tenho um blog faço post, publico, pesquiso, faço enquadramento das imagens e muito mais trabalho no bastidores do meu blog, claro que quero falar, conhecer outras blogueiras/o trocar ideias e afins acho que se não for desta forma para que ter um blog só para publicar o que a pessoa lhe interessa acho que não ser blogueira é muito mais do que isso… Não consigo entender quando vejo blogs reconhecidos já com alguns anos e sem likes sem comentários não entendo, mas cada um sabe de si. Conclusão encontrei este texto e confesso nào sabia qual o significado guest blogging ou guest posting, achei o texto bem redigido e o conteúdo muito explicito decidi partilhar para mim e para todos espero que gostem.

Texto e imagens do Blog Dicas Dinheiro se lhe interessa este nicho excelente blog com dicas muito boas para visitar clique AQUI

Guia definitivo para guest blogging ou guest posting

 

 

O que é o Guest Blogging ou Guest Posting?

É um entre tantos outros termos ingleses que agora estão na moda para chamar nomes s coisas que já existem há muitos anos, mas que neste caso se refere simplesmente ao facto de escrever como autor convidado em outros blogues. É apenas isso!

Há muitas vantagens em escrever como autor convidado noutros blogues, mas sem dúvida que a vantagem desta prática está no facto dos blogues onde escreveres terem uma maior visibilidade do que o teu próprio blogue.

Desta forma, vais-te dar a conhecer a uma maior audiência e conseguir fazer um pouco de link building, isso claro, desde que o autor do blogue onde fores escrever te deixar colocar um ou mais backlinks para o teu próprio blogue.

guest posting

Escrever como autor convidado é bom ou mau para o SEO?

Pois, isto é como tudo: depende.

Depende do tipo de artigo que escreveres, da “naturalidade” da ligação no texto, da semelhança da temática entre os blogues, etc.

Em resumo: se seguires uma série de boas práticas como blogger convidado e escreveres um bom artigo original, com sentido e ligando a outros sites que acrescentem realmente valor ao conteúdo, não tens de ter nenhum receio. Só isso.

O problema é o mesmo que se passa com todas as práticas SEO que se repetem até à exaustão e deixarem de funcionar, ou seja, até o Google entrar em cena e avisar que a má prática do guest blogging poderá ser penalizada.

artigo patrocinado

Conselhos para fazer um bom guest post

Depois de ler alguns dos pedidos que me chegam por email para escrever nos meus blogues, acho que será boa ideia aqui deixar alguns conselhos básicos para escrever um bom artigo como convidado.

Mas não é apenas para explicar quais as “bases” que peço para escrever no meu blogue, mas também para fixar uns mínimos de qualidade que me parecem lógicos quando te ofereces para escrever em qualquer outro blogue como convidado.

Atenção que este artigo não pretende ofender ninguém, bem pelo contrário. A ideia é simplesmente ajudar todos os que querem verdadeiramente criar conteúdos de qualidade nos blogues de outras pessoas.

guest post

  1. Lê o blogue onde gostarias de escrever

Não sabes quanto me custa escrever este primeiro conselho, porque parece-me ser o passo mais fundamental e sobretudo o mais lógico de todos. Por favor, lê o blogue antes de pedir que te deixem escrever nele.

Parece quase surreal estar a dizer isto, mas já encontrei algumas pessoas a pedir para escrever no meu blogue sem nunca lerem o que aqui era escrito! Já passei por situações tão surrealistas como pedirem-me para escrever um artigo num blogue meu e de seguida perguntarem-me sobre o que queria que escrevessem… A sério? Nem sabiam qual era o tema? Sem mais comentários…

  1. Propõe algo interessante para o blogue

Uma vez superado o ponto 1 e já conhecendo a temática do blogue onde queres escrever, é altura de analisar o que achas que faz falta ao blogue, ou então apresentar uma ideia genial para um bom artigo, e fazer a tua proposta.

Sim, porque se escreveres ao dono do blogue e te ofereces para escrever um artigo, mas logo de seguida lhe perguntares sobre que tema é que ele quer que tu escrevas, estarás a cometer um duplo erro:

  • Primeiro, não estás mostrar ser um autor especializado na temática, nem estás a ser um bom profissional. Depois, não sabes qual é o objectivo de estares a fazer o guest post. A única sensação que estás a dar é que apenas queres deixar algum backlink…
  • Imagina que no teu blogue escreves sobre sapatos e eu peço-te para me falares sobre SEO. Será que vais escrever um bom artigo de SEO? Será bom que sim! Provavelmente mais vale pedir a um especialista em SEO se quer escrever no meu blogue do que estar à espera de um bom artigo teu.

Por tudo isso, a primeira coisa a fazer é pesquisar pelos blogues certos e onde faz sentido fazer guest blogging.

A ideia é que graças a esta colaboração todos saiam a ganhar, tanto tu como o dono do blogue. Se a primeira coisa que fazes quando o contactas é pedir-lhe que te diga qual é o tema sobre o qual deves escrever e como o deves fazer, só estás a fazer as pessoas perderem tempo.

O que o dono do blogue quer ler de ti é que no teu blogue falas de um tema específico e que sabes dominar essa temática. Por essa razão deves propor falar sobre A, B ou C, e como fizeste uma análise sobre o tipo de leitor do blogue, podes redigir um artigo com a linguagem mais apropriada para esse público.

Se conseguires “vender bem o teu peixe”, haverá mais probabilidade de seres aceite como autor convidado.

O autor convidado deve sentir-se cómodo, escrever bem sobre um tema de que gosta, e saber realmente do que está a falar. Se o autor é conhecido como sendo um especialista num determinado tema, então é sobre esse tema que o dono do blogue quer que o artigo seja escrito.

artigo patrocinado

  1. Escreve a tua obra-prima

Normalmente o guest blogging deve ser feito num blogue que tem (ou devia ter) muito maior autoridade e repercussão do que o teu, pelo que oferecer um artigo e tentar convencer o dono do blogue “apenas” com o argumento de lhe estar a poupar tempo a escrever, garanto-te que não é suficiente. Se vais apenas escrever apenas mais um artigo normal, nem vale a pena perderes tempo a escrever um artigo de convidado.

Tens de dar o teu melhor e escrever quase uma “obra-prima”, de tal forma que tanto o dono do blogue como os seus leitores reparem em ti e se lembrem do teu conteúdo para sempre. No bom sentido claro! Que quando as pessoas virem o teu nome digam: “ah, este é o tal que publicou aquele artigo e que sabe muito disto”.

Imagina que ninguém te conhece mas de repente chamam-te para ir à televisão para dares a conhecer o teu trabalho. Vais fazer “qualquer coisa” ou vais dar o teu melhor? Pois passa-se a mesmo coisa ao escrever num blogue com mais visibilidade do que o teu. Tens de mostrar do que realmente és capaz.

 

  1. Tem cuidado com a gramática e com os erros ortográficos

Na verdade este ponto remete para ao anterior, porque uma obra-prima deve logicamente ser perfeita, sem erros gramaticais ou de ortografia. No entanto acho este ponto tão importante que gostaria de falar sobre dele á parte.

Sim, gosto muito de ver tudo bem escrito e respeitando a língua portuguesa, e não concordo com muitos que dizem que o importante é aquilo que se quer transmitir, mesmo tendo erros ortográficos… NÃO! É que precisamente por se escrever mal que um conteúdo pode ter várias formas de ser interpretado.

Eu também não sou perfeito e aceito que tenho muitas falhas, mas garanto que antes de publicar qualquer coisa faço uma revisão completa ao texto. E actualmente para rever a ortografia basta praticamente clicar num botão do editor de texto. Não há desculpa para deixar passar erros ortográficos.

Por tudo isto, fazer Guest Posting e não cuidar da ortografia pode dar uma muiiiiito má imagem de ti.

Faz uma revisão ao teu artigo e verifica não só se existem erros ortográficos, como ainda se não existem erros gramaticais ou de concordância.

Imagina que estás na posição do dono do blogue e recebes um artigo cheio de erros. O que fazes? Publicas como está? E depois a imagem que passas também é que não dás importância ao que fazes, e também que não te importas com os teus leitores. Irás perder credibilidade junto de teu público.

No meu caso costumo fazer uma revisão ao artigo enviado pelo autor convidado antes de o publicar, mas se tiver que corrigir alguma coisa é porque ele não se esforçou muito e o mais provável será não voltar a fazer guest blogging no meu blogue…

Repara que não estás a publicar um artigo no teu blogue mas num blogue com mais reputação. E muitas vezes o nível de um blogue também se mede pelos autores.

No meu caso tenho vindo a ter cada vez mais cuidado com a qualidade daquilo que me é enviado pelos autores convidados, para que essa qualidade se reflicta também no blogue. Mas também não preciso de ter “autores famosos” a escrever aqui, a única coisa que me importa realmente é que escrevam artigos com qualidade.

autor convidado

  1. Trata o blogue como se fosse teu

Isto pode parecer uma estupidez, mas é boa ideia analisar bem o blogue onde vais escrever o teu guest post, ou até ver como é que os outros autores convidados fizeram quando escreveram o seu artigo. Desta forma, podes fixar-te nos pequenos detalhes que agradam ao dono do blogue, como o tipo de imagem que usa, o tamanho, a disposição do texto, as cores utilizadas, etc.

O meu conselho vai no sentido de olhares para o blogue onde és convidado como se fosse o teu próprio, pois esses pequenos detalhes acabam no final por fazer a diferença e facilitar muito o trabalho ao dono do blogue, fazendo com que ele te respeite como profissional.

  1. Responde aos comentários

No seguimento do ponto anterior, se fizeres guest blogging e cuidares do blogue como se fosse teu, é lógico que também respondas aos comentários ao teu artigo. Não te esqueças que o artigo é teu, é a ti que estão a ler, e é a ti que são endereçados os comentários.

Se num blogue meu um canalizador escrever sobre reparações de canalização e houver comentários ou dúvidas sobre esse tema, eu não faço a mínima ideia do que iria responder! Imagina a má imagem que se está a passar se ninguém responder aos comentários dos leitores, ou pior, que eu próprio me ponho a falar sobre canalizações…

Tem de ser o autor do post que conhece o tema a responder aos comentários. Lógico, não?

Conclusão

Como vês, em linhas gerais sou um pouco rigoroso com esta coisa do Guest Blogging, mas porque acredito mesmo que deve ser assim e que deve haver alguma qualidade naquilo que publicamos ou que deixamos publicar.

Se reflectires no que foi escrito neste artigo, tens 2 opções:

  • Ficaste ofendido e não queres mais ler este blogue: ok, tenho pena, mas estes conselhos são apenas a minha humilde opinião e até posso estar enganado. Já agora, quem nunca se engana? Mas isto também diz algo sobre os “requisitos mínimos” que peço quando querem escrever num blogue meu, e isso não é negociável.
  • Aceitar e fazer melhor da próxima vez: parabéns porque isso sim é autocrítica. Na minha opinião há que saber mudar sempre que nos apercebemos que estamos a fazer as coisas mal.

guest blogging

Guest Blogging no Dicas Dinheiro

Como digo, as recomendações referidas neste artigo são as que peço para os meus próprios blogues.

Mas para facilitar as coisas, vou falar mais concretamente de alguns pontos do que gostaria de ver se alguém quiser publicar um guest post no Dicas Dinheiro:

  • Conteúdo único, original e interessante.
  • Tamanho mínimo: 1600 palavras (se a tua obra-prima tiver menos também não há problema)
  • Tamanho máximo: o infinito! Não coloco limites 😉
  • Bem redigido e revisto, uma vez que não custa nada passar pelo corrector ortográfico…
  • Se for possível, que contenha uma infografia ou uma imagem que amplie ou resuma as ideias do artigo
  • Podes usar 2 ligações para o teu próprio website ou blogue sempre e quando representem um valor real para o conteúdo e façam sentido
  • Podes usar mais ligações para outros websites ou blogues sempre e quando tragam algum valor real para o conteúdo
  • No final do artigo deve vir uma descrição sobre o autor e alguma ligação para as suas redes sociais

 

 

assi11111

Posted by

Blog sobre moda, beleza, Dicas Style. Marketing digital, técnicas bloggers e muito mais espero que gostem das Dicas da blogueira Portuguesa Moda á Portuguesa...