Musica e Poesia de Alberto Cuddel

Poema ao Beijo

Não sei a que sabe o beijo
Os outros, os que nunca dei
Todos os beijos a todas as mulheres
Essas que traidoramente sonhei beijar…
Beijos amanteigados
Onde deslizavam os lábios
Por faces quentes


Mordendo as orelhas
As mulheres adoram sussurros
E beijos…
Nos beijos que nunca dei
Ou tao pouco ousei sonhar
Não há beijos quentes
Ou molhados, ou secos
Apenas beijos por dar…
Nos poucos lábios que ousei pousar
Alguns a recordar, outros a esquecer
Apenas uns, únicos, quentes a manter…
Ainda sonho com beijos, em vários lábios
Rubros e quentes, húmidos como se desejam
E poemas cheios de sonhos….
Alberto Cuddel

 

Deixar uma resposta