Ansiedade 12 tópicos para ajudar

Depressão é excesso de passado em nossas mentes. Ansiedade excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos os males mentais. Junia Bretas

A ansiedade é um grave problema de saúde e o mal de muitas pessoas nos dias que correm, como já tinha dito aqui infelizmente sofro também de ansiedade e sei o sofrimento que me traz deixo, espero que ajude os 12 tópicos na vida de pessoas com o mesmo problema.

Sofrer por antecipação é uma das principais características da ansiedade e pode se tornar um dos piores inimigos de uma pessoa. Existem diferentes tratamentos e práticas para controlá-la, mas a sua principal arma será sempre cuidar da sua mente.

12 pensamentos para ajudár a domar a ansiedade e viver de forma mais tranquila:

1. O começo de tudo

Então vamos começar pelo início de tudo. Se Ele parou para descansar no último dia, por que você não pode? O descanso é essencial para o bom funcionamento da nossa mente e corpo. Durma o suficiente, faça uma refeição tranquila, tire algum tempo para estar relaxado. Você verá o quanto esses momentos vão lhe dar energia para encarar as responsabilidades do dia a dia.

2. Deixe vir

Ansiedade é insegurança pelo que está por vir.

Ninguém pode prever o futuro com exatidão. Uma coisa é se preparar para alguma situação futura, alguma reunião importante no trabalho, um bebê que esteja chegando, uma conta que vai vencer, uma prova da faculdade… Outra coisa é sofrer por conta disso. Remova a insegurança da sua vida, se preparando para estas situações e se verá muito mais confiante e pronto para tudo. Assim, a ansiedade não tem vez.

3. Encontre a chave

Viver o presente não é esquecer o passado e não querer saber do futuro. Muito pelo contrário, é dar o devido valor aos três e reconhecer que o presente é o único com que podemos agir e melhorar constantemente. Portanto, aceite o passado, trate o seu presente com carinho e se fortaleça agora para que o futuro seja ainda melhor.

4. As aparências enganam

O indivíduo, na sua angústia de não ser culpado mas de passar por sê-lo, torna-se culpado.

Soren Kierkegaard

Olha só que confusão! Na angústia de se preocupar com o que os outros vão pensar de nós, deixamos de agir naturalmente e podemos passar exatamente a impressão que não queremos!

Seja você mesmo, não vale a pena focar no que vai na cabeça dos outros, isto está fora do seu controle. Retire esse peso do seu coração e descubra que, no fim, o que interessa é o que você pensa de você mesmo.

5. Busque o equilíbrio

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Se queremos demais viver um amor hipotético, deixamos de dar a real importância às outras possibilidades de amor que aparecem na nossa vida e podemos acabar por vivê-las pela metade, ou nem isso.

Este exemplo vale não só para o amor, mas também para outros aspectos da vida, como no trabalho e nas viagens que sonhamos fazer. Não deixe de viver plenamente algo real porque as suas expectativas a respeito eram muito maiores.

6. Organize-se

A desorganização é um ambiente muito propício para a ansiedade se instalar. Se nos atrapalhamos com as tarefas e temos dificuldade em cumprir os prazos, lá vem ela tornar tudo mais difícil.

Para evitar esta situação, busque um método de organização com que melhor se identifique e domine as suas atividades, definindo o tempo que deve dedicar a cada coisa, e mantendo o seu local arrumado para sempre saber onde encontrar o que procura.

7. Tenha calma

Você só precisa ter calma e não desejar tanto. Do desejo é que saem as angústias.

Tati Bernardi

Querer demais algo ou alguém deixa a visão turva e faz com que não se enxergue mais nada. Além de não ser nada saudável, esse desejo pode ser bastante dissimulado e cria ilusões que ofuscam a verdade do que se deseja. É preciso calma para afastar essas ideias criadas e observar bem o alvo do desejo. Provavelmente, o verdadeiro é muito melhor do que o imaginado.

8. Mexa-se!

A atividade vence o frio; a inatividade vence o calor; assim, com a sua calma, vai o sábio corrigindo tudo no mundo.

Textos Taoístas

A prática de exercícios é muito importante não só para o corpo como também para a mente. O exercício físico libera serotonina no cérebro, o que produz uma sensação de prazer duradoura. Você não precisa correr uma maratona, mas fazer caminhadas diárias já lhe ajudam a manter o corpo ativo e a mente descansada.

9. Faça pausas

O foco no trabalho ou no estudo é fundamental para se conseguir sucesso nos objetivos traçados. Porém, de vez em quando, um pausa é sempre bem-vinda! O cérebro também fica sobrecarregado, sabe? As pausas ajudam a dar aquele fôlego extra necessário para organizar as ideias e espantar a ansiedade para longe.

10. Seja confiante

O verdadeiro querer não sofre de ansiedade, pois sabe que a vida responde na hora certa.

A fila do banco não vai andar mais rápido porque você está com pressa, vai? As coisas acontecem quando são para acontecer, do jeito que são para acontecer.

Acredite na sua força interior e sinta-se bem com os resultados que alcançar. Você é a sua melhor companhia e quem vai lhe apoiar em qualquer momento. Tudo o que você quer fazer é possível e terá o momento de acontecer, confie na sua força.

11. Coma um chocolatinho

Uma outra forma de segurar a ansiedade é ingerir alimentos ricos em triptofano, como no caso do chocolate e da banana. Este aminoácido é propulsor de serotonina e estimula o bom-humor. Quer coisa melhor?

Mas se achar que o chocolate é muito calórico, uma outra forma de se acalmar é beber um cházinho. Camomila e cidreira são ricos em sedativos leves e muito eficientes em relaxar o corpo.

12. Descubra o que lhe acalma

Existem diferentes formas de controlar a ansiedade. Mas no fim das contas, todos somos diferentes e o que ajuda uma pessoa, pode não servir para outra. Portanto, observe a si mesmo e busque as melhores formas de driblar a sua ansiedade. O principal é saber identificar a causa e então saber fazê-la ir embora…

signature

Posted by

Blog sobre moda, beleza, Dicas Style. Marketing digital, técnicas bloggers e muito mais espero que gostem das Dicas da blogueira Portuguesa Moda á Portuguesa...

Deixar uma resposta